INVENTÁRIO DE PEQUENAS DELICADEZAS - Ricardo Schöpke


Foto: Lidia Ueta - Patricia Lion
Certa lenda chinesa nos conta que duas crianças estavam patinando em um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e elas brincavam. De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água. A outra criança vendo que o seu amigo afogava-se debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar o amigo. Suas mãos estavam feridas e o seu corpo todo doía muito. Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo apenas com essa pedra e suas mãos tão pequenas!
Nesse instante apareceu um ancião e disse:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos olharam para ele aguardando a resposta. O ancião então respondeu:
- Não havia ninguém ao seu redor para dizer-lhe que ele não era capaz."




Essa delicada lenda chinesa nos coloca diante do quanto é precioso os pequenos gestos. Mostra-nos como podemos ter uma percepção diferenciada do mundo, onde o pequeno não significa ser o menor, e nem o grande o maior. Como somos capazes de realizarmos grandes gestos através de pequenos grandes encontros. Assim é o PEQUENO GRANDE ENCONTRO DE TEATRO PARA CRIANÇAS DE TODAS AS IDADES, idealizado pela curitibana CIA DO ABRAÇÃO.  

Foto: Lidia Ueta - Patricia Lion
A ABRAÇÃO vem se especializando nestes dez anos de existência em trabalhar grandes temas do universo mágico, onírico e filosófico através de pequenas partículas que vão se juntando ao todo e nos levando a um rico universo de pensamentos, questionamentos e reflexões. Tudo isso de uma forma extremamente humana e sensível. Buscando através da filigrana da alma humana, criar o esboço de um novo homem contemporâneo. Refinamento, detalhamento, recortes, são partes do trabalho da ABRAÇÃO que aos poucos vai levando-nos, e nos elevando, ao universo mais belo e sublime. A cada trabalho, no sentido mais nobre da palavra, a ABRAÇÃO mergulha em um campo de pesquisas gestuais: mímica, acrobacia, animação de títeres e exercícios físicos que transbordam em cena com precisão cirúrgica. 
Diante dos espetáculos da cia parecemos estar sempre diante de um grande quebra-cabeças, onde suas peças estão guardadas em pequenas caixinhas de nosso consciente e inconsciente. Cada espaço aberto desvenda um estímulo  independente, mas que ligado a outro cria um terceiro, quarto..e por aí vai...verdadeiros espetáculos com riqueza de signos, significantes e significados. Onde todos os sentidos dos espectadores são aguçados. Visão, audição, olfato, tato e paladar.

Foto: Isabelle Neri Vicentini
O espetáculo Sonho de uma noite de verão, apresentando pela CIA DO ABRAÇÃO nos dias 22 de outubro as 15h e no dia 23 de outubro as 16h no Teatro José Maria Santos, recria de uma forma muito peculiar o universo do bardo inglês William Shakespeare. Marcado pela homogeneidade no trabalho dos atores – uma característica bastante forte no trabalho da cia -, é mesclado também por um refinado trabalho de animação de objetos. Sapatos, bolsa, pote de catchup, barbantes, entre outros, transformam-se nos pares amorosos Demétrio, Helena, Lisandro, Hérmia, e nos seres da floresta Oberon, Titânia, entre outras personagens clássicas da história de Shakespeare. Temas como a juventude e a velhice são tratados com sutileza e sensibilidade. Ambientando a trama podemos ouvir preciosidades instrumentais da banda inglesa Beatles. Todos os trabalhos da CIA são dirigidos por Letícia Guimarães e desenvolvidos em processo colaborativo. São diversas camadas a serem desvendadas e cada um dos componentes da Cia - atores, iluminadores, cenógrafos, artistas plásticos, cineastas, figurinistas, titiriteiros – constroem toda a criação inspirados conjuntamente no teatro físico de Grotowski e no teatro épico de Brecht. Símbolos, objetos, “resignificação”, narração, metateatro, coringa de personagens, são alguns dos itens apresentados na construção da dramaturgia e na escrita cênica da CIA DO ABRAÇÃO. Uma cia que prima pelo crescimento contínuo dos espetáculos, se renovando e se reinventando a cada apresentação. Dando mais ênfase ao caminho percorrido pelo processo de busca do que ao seu resultado final. Evidenciando assim essa busca incessante pela perfeição na execução dos mínimos detalhes das partituras físicas do espetáculo.

A peça Palmas para que te quero, da Trupe Parábola, apresentada no domingo as 16h também no Teatro José Maria Santos, tem um conjunto interessante de atores. Os mesmos possuem um bom potencial cômico e domínio da platéia. Entretanto o trabalho apresentado não possui características de um espetáculo cênico, e sim de uma boa recreação infantil  didático- pedagógica realizada com cuidado, e alguns interessantes jogos para o entretenimento.

O PEQUENO GRANDE ENCONTRO DE TEATRO PARA CRIANÇAS DE TODAS AS IDADES agrega múltiplos estímulos ao teatro. Entre eles mesas redondas para refletir e pensar o teatro visto no encontro, e também para se debater temas pertinentes ao teatro brasileiro como a RENATIIN (Rede Nacional do Teatro Infantil). Em processo adiantado de organização a RENATIN PARANÁ convidou um dos Representantes do RIO DE JANEIRO (Ricardo Schöpke), responsável em organizar toda a RENATIN Nacional, para que fosse apresentada as novas diretrizes de trabalho nas regiões brasileiras. Assuntos como reunião nacional, reunião local, reunião estadual, apresentação do PROGRAMA FUNARTE DE TEATRO PARA CRIANÇAS E JOVENS para os poderes públicos locais, entre outros, foram discutidos com os vários representantes da classe artística paranaense. Curitiba é uma das grandes cidades favoritas em receber a segunda reunião RENATIN Nacional devido aos ótimos serviços prestados pela atual representante da RENATIN PARANÁ Letícia Guimarães.

São nas delicadezas dos pequenos gestos que vemos a grandeza das ações propiciadas pelo PEQUENO GRANDE ENCONTRO DE TEATRO PARA CRIANÇAS DE TODAS AS IDADES.


* Ricardo Schöpke acompanha o Festival Pequeno Grande Encontro a convite da Organização, é Crítico de Teatro Infantil e Juvenil, Enviado Especial,  do jornal O GLOBO, o ALMANAQUE VIRTUAL da UOL, do Site Questão de CríticaRepresentante da RENATIN Rio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

8º Pequeno Grande Encontro - de 25 de Abril a 01 de Maio

Mesa-redonda do 8º Pequeno Grande Encontro