PROJETO INVESTIGAÇÃO DE TEATRO PARA CRIANÇAS

O Projeto “Investigação sobre o Teatro para Criança e Juventude” tem a finalidade de reunir grupos de pesquisas de teatro para crianças, estudantes de licenciatura em artes cênicas, educadores, arte-educadores e demais interessados para que, juntos, possam discutir conceitos de arte-educação, o teatro para crianças e suas linguagens estéticas.

O evento se realizará através de Palestras, Discussões, ensaios abertos e apresentações de espetáculos que compõem o repertório da Cia do Abração, Tato Criação Cênica e Grupos convidados a participar da Mostra de Teatro para Crianças de todas as Idades, em parceria com o Festival de Teatro de Curitiba.

Esta idéia nasceu com o objetivo de propor um espaço novo, onde se possa mostrar, refletir e repensar o teatro dirigido a crianças, pois há um risco latente deste teatro perder grande parte de seu público no futuro, já que o processo de formação de platéia continua pífio.

As causas são muitas. Sem indicadores sobre a qualidade das montagens em cartaz, devido ao restrito espaço reservado pela mídia ao teatro infanto-juvenil, pais e professores se sentem perdidos na hora de recomendar um espetáculo. De modo que as discussões sobre a qualidade em teatro para crianças no devem se limitar apenas à classe artística.

Por isso a Cia do Abração convida e valoriza a sua presença.

Este é um projeto viabilizado pela FUNARTE, através de prêmio recebido pela Cia. do Abração.
PROGRAMAÇÃO - Eventos gratuitos
PALESTRAS E DISCUSÕES

Tema: “O teatro para crianças - uma pequena história”.
Palestrante: Fátima Ortiz .
Dia:10/03, às 19 horas.
Local: Sede da Cia do Abração.

Tema: “O teatro para crianças – fontes de inspiração para sua criação.
Palestrante:
Renato Perré
Dia: 17/03, às 19 horas.
Local: Sede da Cia do Abração.

Tema: “Realidade e Fantasia”
Palestrante:
Maurício Vogue
Dia: 25/03, às 18 horas.
Local: Sede da Cia. Do Abração.
WORKSHOP DE TEATRO COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO - Dirigido a educadores e público interessado.
CONTEÚDOS :

Contação de Histórias – reflexão sobre arte-educação –
A contação de estórias é um instrumento educativo de grande valia para o professor, pois aproxima afetivamente a criança do educador que pode lhe oferecer os primeiros contatos com a boa literatura. Dentro desta proposta cênica, aproveitaremos para lançar um texto de conteúdo reflexivo sobre o conceito de arte-educação.

Jogos Cênicos .
Com estes jogos além de resgatar o lúdico do universo infantil, trabalham-se valores essenciais de grupo como respeito, controle de ansiedade, coragem, solidariedade, etc.

Interpretação
Dentro deste assunto, trabalharemos a capacidade de improvisação e a elaboração de personagens, essencial para o desenvolvimento da criatividade e da capacidade de observação e sensibilização.

Noções de montagens de peças
Tais noções são importantes para que o professor, independente do assunto a ser tratado em sala de aula, possa transformá-lo em cena, possibilitando aos alunos uma verdadeira vivência para a formação do conhecimento.

Ministrante do Workshop: Francisco de Assis Gaspar Neto.
Graduado em Artes Cênicas, pela Universidade do Rio de Janeiro, Mestre e Especialista em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense. Tradutor do “Jogos para atores e não-atores”, de Augusto Boal e do “Ensaio sobre o gênero dramático sério”, de Beaumarchais. Professor de técnicas de Happening, que conjugam técnicas de improvisação com orientações de autores como Bertolt Brecht, Peter Brook, Augusto Boal e Carmelo Bene.
VAGAS LIMITADAS. Os interessados deverão entrar em contato com a Cia. para fazer sua inscrição.

Comentários

Anonymous disse…
OLÁ GOSTEI MUITO DO PROJETO DE VCS,SOU OFICINEIRA PARA JOVEMS E CRIANÇAS,GOSTARIA MUITO DE SE POSSÍVEL,ENVIAR PARA MIM ALGUM CONTEÚDO,TECNICAS UTILIZADAS POR VCS,PARA AMPLIAR MEUS CONHECIMENTOS...FICO MUITO GRATA DESDE JÁ PELA ATENÇÃO DADA.ABRAÇOS E PARABÉNS...MEU E-MAIL É crisclezar@hotmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

8º Pequeno Grande Encontro - de 25 de Abril a 01 de Maio

Mesa-redonda do 8º Pequeno Grande Encontro

Crítica do espetáculo ''O Mágico de Oss'', da Cia. do Abração