Postagens

Mostrando postagens de 2010

O convívio teatral

Imagem
Por Valmir Santos
A terceira e última semana do 2º Pequeno Grande Encontro de Teatro para Crianças de Todas as Idades tangenciou as linguagens do circo e da animação. Nos espetáculos Memórias do palhaço Amoroso, da Companhia Pé no Palco, e Circo s/a, da Companhia dos Palhaços, os títulos já explicitam a remissão ao universo contido entre a lona e o picadeiro. Ambos trilham caminhos distintos. Contrastam uma criação de forte apelo visual, a primeira, com outra mais despojada, a segunda, sendo seus resultados subversivos aos pressupostos. Surpresa, a terceira montagem da semana, pela Companhia Manoel Kobachuk, injetou uma nostalgia à maneira da mirada artística do cineasta Federico Fellini. Cativa a presença em cena de um veterano da cultura de animação de objetos e bonecos, lá se vão mais de 30 anos, um homem que firma um diálogo cristalino com o espectador sem angustiar-se pela busca de efeito. Vamos passear, pois, por esses processos sem sugerir valoração dos mesmos. E lembrando que t…

INVENTÁRIO DE PEQUENAS DELICADEZAS - Ricardo Schöpke

Imagem
Certa lenda chinesa nos conta que duas crianças estavam patinando em um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e elas brincavam. De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água. A outra criança vendo que o seu amigo afogava-se debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar o amigo. Suas mãos estavam feridas e o seu corpo todo doía muito. Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino: - Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo apenas com essa pedra e suas mãos tão pequenas! Nesse instante apareceu um ancião e disse: - Eu sei como ele conseguiu. Todos olharam para ele aguardando a resposta. O ancião então respondeu:
- Não havia ninguém ao seu redor para dizer-lhe que ele não era capaz."



Essa delicada lenda chinesa nos coloca diante do quanto é precioso os pequenos gestos. Mostra-nos como podemos ter uma percepção diferenciada do mun…

Quintal para os pés da imaginação - Por Valmir Santos

Imagem
Valmir Santos * As duas primeiras semanas do II Pequeno Grande Encontro de Teatro para Crianças de Todas as Idades, no Teatro José Maria Santos, teve dois temas recorrentes: a memória e a brincadeira. Elas têm a ver com as duas pontas da vida, a meninice e a velhice. Memória e brincadeira que não surgem estanques nas narrativas. Elas são entretecidas por palavras, objetos, bonecos, músicas, luzes e jogos verbais e espaciais emendados por atores para compor um quintal entre o céu e a terra. Terra em que hoje os pés mirins ou adultos raramente pisam.

Em Teimosinho e Mandão, direção e adaptação de Edson Bueno para o livro Dois idiotas cada qual sentado em seu barril... (2003), de Ruth Rocha, o jogo de oposição lembra as figuras cômicas do branco e do augusto, o que se insinua ingênuo e o que se quer inteligente. Esses contrastes podem até sugerir uma leitura moral, mas, em regra, no picadeiro ou no palco não costumam carregar juízo de valor ou negatividade. Bueno é fiel ao espírito do livr…

1ª SEMANA DE BONS FRUTOS E RESULTADOS

Imagem
O Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades, evento promovido pela Cia. Do Abração, tem lotado o Teatro José Maria Santos. A primeira semana de apresentações teve como resultado público estimado em mais de 800 pessoas, entre crianças de todas as idades. As companhias participantes tiveram a oportunidade de discutir, na segunda-feira (dia 18/10), na sede da Cia do Abração as apresentações realizadas entre os dias 13 a 17 de outubro.



A mesa-redonda contou com a mediação do jornalista Valmir Santos. Segundo ele é gratificante e um privilégio poder fazer a cobertura das peças e também poder dividir o discurso dos artistas na mesa-redonda. Na semana seguinte, do dia 25/10, aconteceu a mesa redonda sob a mediação de Valmir Santos e do jornalista e crítico de teatro infantil e juvenil Ricardo Shöpke na Cia. do Abração.


Fotos: Isabelle Neri Espaço Cultural Cia. do Abração

Lembrando que as apresentações acontecerão até 31 de outubro, de quinta a domingo no Teatro José Mari…

Vídeo de Abertura

ProgramaçãoPequeno Grande Encontro de Teatro para Crianças - da Cia do Abração

Imagem

UMA MOSTRA PARA CRIANÇAS DE TODAS AS IDADES

Curitiba é palco e também vitrine de grandes montagens teatrais, mas percebe-se que a cidade já não dispõe de uma atenção especial ao teatro que se faz para crianças, como o fazia em outros tempos. Atualmente, não possui associações de teatro infantil e o dia-a-dia dos produtores e fazedores de arte impossibilita os encontros de reflexão e pesquisa sobre o assunto.

É pensando nesta questão que este evento, depois de mais de 30 anos, volta as atenções ao teatro feito para crianças, propondo a criação de um espaço novo, onde se possa mostrar, refletir e repensar esta linguagem, mantendo uma pesquisa contínua sobre este ramo do fazer teatral.

Assim, será dado um novo start para rever e trocar opiniões, disseminando novos pensadores, fazedores e pesquisadores sobre o teatro feito para crianças, bem como para renovar e fortalecer a formação de platéia deste segmento. Reunindo os mais destacados grupos de pesquisa da cidade, o evento tem o intuito de discussão e reflexão acerca da arte-educaç…

COMPANHIAS PARTICIPANTES

COMPANHIA DO ABRAÇÃO: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Fabiana Ferreira e Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, esteados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

COMPANHIA PÉ NO PALCO: Fundado em 1995 por Fátima Ortiz, o Pé no Palco Atividades Artísticas consolida-se através da sua atuação em quatro segmentos de atividades: Cursos Livres de Teatro, criação da companhia estável, o Círculo de Encenação e Pesquisa, Ação em Valores Humanos; e Workshop, Cursos e Eventos.

TRUPE PARABOLÉ: A Trupe PARABOLÉ é composta por atores e músicos apaixonados pela cultura lúdica infantil. Seus espet…

GRADE DE APRESENTAÇÕES DE ESPETÁCULOS

DATA               ESPETÁCULO                                     COMPANHIA                HORÁRIO 13/10/10           Sobrevoar                                             Cia. do Abração             20:00 horas 14/10/10           O Gato & Dona Xica                       Cia. Filhos da Lua          15:00 horas 15/10/10           Teimosinho e Mandão                            Cia. MR Produções        15:00 horas 16/10/10           Quando a criança era uma criança          CENTEC                       16:00 horas 17/10/10           Estórias Brincantes de Muitas Mainhas   Cia. do Abração             16:00 horas 21/10/10           O Gato & Dona Xica                       Cia. Filhos da Lua          15:00 horas 22/10/10           Sonho de Uma Noite de Verão                Cia. do Abração             15:00 horas 23/10/10           Sonho de Uma Noite de Verão                Cia. do Abração             16:00 horas 24/10/10           Palmas Pra que Te QueroTrupe Parabolé               16:00 hor…

RESUMO DOS ESPETÁULOS DO FESTIVAL

Imagem
SOBREVOAR -COMPANHIA DO ABRAÇÃO DIA 13/10, às 20:00 horas E DIA 31/10 ÀS 16 HORAS
Sinopse - Sobrevoar aborda Santos Dumont como a criança, não aquela de sua infância datada no final do século XIX, mas aquela atemporal que sonha, persiste e realiza. Uma história de descoberta do "eu" que busca ser livre à revelia das convenções sociais. Personagens, que compreendem a magnitude do risco de alçar vôos, sem pensar em limites. Vencer os obstáculos impostos pelo espaço. Inspiração que nos fornece Santos Dumont.
No espetáculo, quatro personagens, com espírito de criança, habitam um espaço imaginário e atemporal, um lugar onde todas as brincadeiras e experimentos co-habitam. Um espaço onde os sonhos se tornam possíveis, que interliga céu e terra, um istmo entre o sonho e sua realização. Breve Histórico - Este espetáculo teve sua estréia em 2010 e foi patrocinado através da Lei Municipal de incentivo a Cultura - Mecenato, pela CAIXA e LIVRARIAS CURITIBA.
Ficha Técnica Realização: Cia. do A…
Este banco de textos tem a finalidade de incentivar novos dramaturgos e colocar à disposição de produtores e interessados, seja para leitura, estudo ou encenação. Os direitos das obras devem ser negociados diretamente com os autores, através dos emails correspondentes. A Cia. do Abração se responsabiliza apenas pela divulgação das mesmas, através deste site.

A TURMA DA BOQUINHA
Texto de Ressy Marie Penafort ysser@ig.com.br AS ESTRANHAS AVENTURAS DE RUDE PAÇOCA De Loli Láctea carolicasagrande@yahoo.com.br ESTAR NA MODA Texto de Gilberto Werneck de Capistrano jubawerneck@yahoo.com.br
H2O UMA FóRMULA DE AMOR Musical infantil de Elisio Lopes Jr elisiolopesjr@gmail.com
L E L A Escrito por Ivone Claire Silva clairedesol@hotmail.com
MARIA + JOãO EM JOãO E MARIA Texto de Carine Xavier carinepiassetta@gmail.com
O SOL FAZ A VIDA Texto de Cecília Reche Garcia e Márcia Maria Mendes cecilia.nascente@gmail.com
O CADARçO LARANJA. De Milton Morales F° - Teatro da Gioconda
O HOMEM DO BANCO BRANCO E A AMOR-EIRA…